B L O G DOS E S P Í R I T O S

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Compêndio de Espiritismo

Espiritismo&Ciência
Número 112


Fevereiro de 2014 marcou o lançamento de mais uma obra do renomado autor Zalmino Zimmermann, pela Editora Allan Kardec, de Campinas. Zalmino é o autor de livros como: Perispírito; Espiritismo, Século XXI; Teoria da Mediunidade; e Descobrindo o Espiritismo, obras que situam o autor entre os mais importantes pesquisadores  e pensadores do Espiritismo no Brasil. 






Neste Compêndio de Espiritismo, ele dividiu a obra em 11 capítulos, trazendo os principais temas da Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec. Entre eles: reencarnação e desencarnação; mediunidade; evolução; Lei de Causalidade Espíritual; perispírito; aura; duplo etérico. Em um anexo, a obra traz os principais expoentes da "aurora do Espiritismo".

"Há tempos eu vinha sentindo a necessidade de uma obra que tivesse uma síntese ds Doutrina Espírita", explica Zalmino Zimmermann, "e que pudesse ser útil para uma compreensão geral do extraordinário trabalho que foi desenvolvido até agora pelos grandes mestres. Pensei, então, em lançar uma obra de ensino, um compêndio, emora eu não tenha a pretensçao de esnianr ninguém".

Zalmino Zimmermann é magistrado aposentado. Possui formação nas áreas do Direito e da Psicologia e incursões em outros domínios. Exerceu as atividades de juiz de Direito e juiz federal, foi professor titular da Faculdade de Direito da PUC- Campinas e professor titular do Instituto de Psicologia dessa universidade. Foi também fundador e presidente da Associação Brasileira dos Magistrados Espírtias - ABRAME.

Sua ligação om o Espirtismo começou quanto tinha 19 anos, no Centro Espírita Cruzeiro do Sul (Porto Alegre - RS). Ele levou para casa O Livro dos Espíritos, e ficou tão interessado que acabou lendo quase toda a obra naquela noite.

Começou a fazer os primeiros apontamentos para futuras produções quando ainda cursava oterceiro ano de Direito e, moço, idealista, participava de muitas atividades, como o Hora Espírita e outros programas espíritas radiofônicos. Com outros colegas fundou o Movimento Espírita Universitário. Estudava a Doutrina Espírita todos os dias de manhã, antes de ir para faculdade ou para o trabalho. Depois, na Magistratura, não houve mais tempo para o movimento. Mas a partir de 1995, aposentado, dedicou-se intensamente a pesquisar sobre a Doutrina. De lá para cá, vem escrevendo livros, fazendo conferências, dirigindo trabalhos e outras atividades na seara espírita.


Nenhum comentário:

Postar um comentário